Paris, a Cidade Luz

Cidade que respira cultura e transpira os odores de sua mundialmente famosa gastronomia

Holanda: liberdade e tradição lado a lado

O encantador país que mantem suas tradições, mas também demonstra toda a modernidade do primeiro mundo

Gramado: um pedacinho da Europa no Rio Grande do Sul

O destino turístico mais procurado do RS atrai o público com suas infinitas belezas e atrações, não só no inverno

Sim, o Rio de Janeiro continua lindo

Uma cidade exuberante que, apesar dos problemas, nos encantou

Uruguai: tradição, tranquilidade e amabilidade

Nosso irmão menor mostra sua face tranquila, suas belezas naturais e cultos à tradição

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

As Casas-Cubo em Rotterdam


Rotterdam é a segunda maior cidade da Holanda, com cerca de 620 mil habitantes. Em Rotterdam está localizado o maior porto marítimo do continente europeu e, até por isso, a cidade foi duramente atacada durante a Segunda Guerra Mundial, período em que a cidade foi totalmente desfigurada. Passado o pesadelo, a reconstrução da cidade não manteve-se apenas na arquitetura tradicional e criou prédios que chegam a ser inusitados. Um dos maiores exemplos disso são as Casas-Cubo de Rotterdam.

Localização


Este símbolo da cidade de Rotterdam está localizado na Overblaak 70, 3011, bem perto da estação de trens e ônibus Blaak e do Markthal, mercado público da cidade, que é outro ícone arquitetônico do país. Por estar perto da estação, é muito fácil chegar até lá usando o transporte público saindo de qualquer local da cidade.

As Casas-Cubo

As casas-cubo foram projetadas pelo arquiteto Piet Blom e inauguradas em 1984. Desde esta data, este ícone arquitetônico tornou-se um dos principais símbolos de Rotterdam. Seu projetista inclinou uma casa normal em um ângulo de 45 graus e imaginou que a soma das mais de 80 casas se transformaria na representação de um bosque, no centro da cidade. Mesmo que na minha visão esta expectativa não tenha dado muito certo, elas chamam muito mais atenção do que qualquer parque do local!

Por incrível que pareça, estes prédios têm, sim, a funcionalidade de casas, como qualquer outra. A grande maioria delas é ocupada por gente normal, que se adapta a este espaço diferenciado, nos três andares de cada uma delas. Para quem deseja conhecer o interior, uma delas tornou-se um museu, dando a ideia de como pode ser montado este lar. O ingresso custa menos de 5 euros!

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Avaliamos a empresa aérea Avianca

Para ir ao encontro de blogueiros Vem pra Sampa, meu! utilizamos a Avianca Brasil. Foi a primeira vez que viajamos com esta companhia aérea. A Avianca tem larga história na aviação, sendo a companhia mais antiga da América do Sul. No Brasil, possui menos tempo de atuação, tendo iniciado as operações através da extinta OceanAir. Atualmente possui cerca de 10% do mercado de aviação brasileiro e dispõe de diversas rotas nacionais e internacionais.

Nossa viagem teve como origem o Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, com destino a São Paulo, Aeroporto de Guarulhos, bem como o retorno no sentido oposto. A ida foi em 07 de outubro e o retorno em 09 de outubro. A escolha da companhia se baseou no melhor preço dentro dos horários que tínhamos disponíveis para a viagem. Não consideramos o preço final barato (R$631,00 para cada um, com taxas já inclusas), mas em outras companhias o preço foi muito superior.

A compra foi bem tranquila utilizando o serviço disponibilizado pela própria companhia através de seu site na internet. O serviço de busca é bastante convencional, sem nenhuma grande mudança com relação aos principais buscadores de passagens. A compra através de cartão de crédito, de forma parcelada, também ocorreu sem nenhum tipo de percalço.

Em ambos os aeroportos tivemos muita facilidade para realizar o check-in. Da mesma forma, não perdemos tempo em filas nem em Porto Alegre, nem em São Paulo. Em Guarulhos, no entanto, os funcionários da empresa só permitiram que despachássemos a bagagem após realizar o check-in em terminal de autoatendimento (toten) - em Porto Alegre emitimos os bilhetes diretamente com o atendente que despachou as malas.

Gostamos muito das aeronaves, muito bem conservadas, com ótimo aspecto. O espaço entre os bancos é excelente, um dos melhores que já tivemos em um avião. Em ambos os vôos estava disponível o serviço de entretenimento, com tela disponibilizando alguns programas de televisão, filmes, desenhos animados, jogos, além do acompanhamento em tempo real do mapa de viagem. A bola fora da empresa é que no trecho entre Porto Alegre e São Paulo não havia fones de ouvido. Entre São Paulo e Porto Alegre, também estava sendo disponibilizado a internet wi-fi durante o voo. Apesar de tentar conectar por várias vezes, o serviço falhou. Ah, também havia tomadas para carregar telefones ou notebooks. Nos dois vôos a empresa ofereceu lanche simples, mas bem gostoso. Melhores do que a média do mercado nesta classe e em viagens com o mesmo tempo de duração.

Depois de tanto tempo olhando com certa desconfiança para a Avianca, esta viagem nos fez enxergá-la com novos olhos. Saiu tudo muito certo, de forma pontual, agradável, com boa estrutura. Tudo dentro de nossas expectativas básicas. Vale muito a pena viajar com a Avianca.