domingo, 15 de maio de 2016

Parque Nacional do Iguaçu

Um dos locais mais marcantes em que já estive. Assim posso começar os relatos de minhas passagens pelo Parque Nacional do Iguaçu. Tive o prazer de visitar este belíssimo cenário em duas oportunidades. E mesmo assim, sinto vontade de voltar. As paisagens são incríveis, a força da natureza é impressionante. Tudo emoldurado pelo poder humano que estrutura e dá suporte para quem deseja conhecer estes cenários em detalhes e quase fazer parte de tudo isso. Enfim, viagens inesquecíveis!

Parque Nacional do Iguaçu, por novocaroneiro.com

Minha primeira passagem em Foz do Iguaçu foi em uma viagem solitária, aproveitando um final de semana prolongado. Na época eu ainda vivia em Lavras do Sul, cidade gaúcha, na fronteira, e viajei de ônibus. Foram muitas horas. Na verdade praticamente o dia todo na estrada, viajando com empresas Ouro e Prata (entre Lavras e Porto Alegre) e Pluma (entre Porto Alegre e Foz do Iguaçu). Na segunda viagem, já acompanhado de minha esposa Lis, partimos de carro de Joinville, passando por excelentes estradas, mas pagando pedágios bem caros. O custo benefício foi favorável, mesmo assim. Viajamos boa parte da madrugada, para chegar em Foz cedinho e não perder nenhum minuto.
Parque Nacional do Iguaçu, por novocaroneiro.com

Foz do Iguaçu (Brasil), Puerto Iguazu (Argentina) e Ciudad del Este (Paraguai) formam a Tríplice Fronteira. Unindo as três cidades vizinhas há uma enorme quantidade de atrativos e locais para serem visitados. Recomendamos conhecer os bares (incluindo o Bar de Gelo) e restaurantes e as ruas bucólicas de Puerto Iguazu, o comércio popular e os shoppings de Ciudad del Este, os restaurantes, a Usina de Itaipu e o Templo Budista na cidade brasileira.

Apesar de tantos atrativos, fica claro que o motivo principal da enorme maioria das visitas à região se dá para prestigiar Cataratas de Iguaçu. Pela sua grandiosidade e importância para o planeta, as Cataratas do Iguaçu são consideradas Patrimônio Natural pela UNESCO, só para colocar o leitor a par do que representa este local para o mundo.
Parque Nacional do Iguaçu, por novocaroneiro.com

Traremos nossa experiência pela região em vários posts, abordando cada um dos lugares que visitamos e gostamos. Para começar, falaremos sobre o

Parque Nacional do Iguaçu

O Parque Nacional do Iguaçu é um Parque nacional, que engloba muita vegetação, fauna e, claro, lindas paisagens com as mais famosas quedas d´água do País. Criado em 1939, abriga atualmente algumas espécies típicas da Floresta Amazônica, além de animais sendo preservados da extinção, como onça-pintada, puma, jacaré do papo amarelo e algumas aves. Confirmando toda sua importância, no ano de 2014 o Parque recebeu mais de 1,5 milhão de visitantes.
Parque Nacional do Iguaçu, por novocaroneiro.com

Como chegar ao Parque

Na primeira vez que estive na região, me desloquei até o Parque utilizando o transporte público. Há um terminal de ônibus pertinho do centro da cidade (chamado de TTU). Lá é possível embarcar em ônibus urbanos para os diversos atrativos de Foz do Iguaçu, sem a necessidade de contratação de vans ou de táxi. O valor da passagem é de cerca de R$3,00, e o desembarque ocorre exatamente em frente à entrada do Parque. Para quem deseja mais conforto, ou ir em tempo mais rápido, pode-se contratar o transporte em diversos hotéis (recomendamos a empresa Loumar Turismo).

Ingressos

Informações sobre ingressos e horários podem ser obtidos no site do parque, e podem ser adquiridos na hora. Em feriados pode haver filas para o acesso e para conseguir vaga no transporte interno (falaremos mais abaixo).
Parque Nacional do Iguaçu, por novocaroneiro.com

Atrações e nossa experiência

O Parque Nacional das Cataratas é imenso! Por isso, logo após a entrada é disponibilizado o transporte que leva o visitante até as trilhas que permitem a visualização das famosas quedas d´água. O ônibus panorâmico inicia a integração dos visitantes com a natureza, ao percorrer um trecho em meio a floresta (através de ruas asfaltadas). Os ônibus são bem simpáticos e tem, em sua pintura, a exposição de animais que moram no parque, como onça, ou quati. O ônibus faz algumas paradas, podendo-se escolher onde começar a caminhada de desbravamento do local. Paramos logo no início das trilhas, visando ter todas as vistas possíveis das cataratas.
Parque Nacional do Iguaçu, por novocaroneiro.com

É grande a emoção ao se visualizar as quedas pela primeira vez. Um dos patrimônios naturais do planeta ali na nossa frente, mesmo que sendo vista através das árvores, é um momento incrível. Pode-se sentir como é grande o poder da natureza. E conforme vai se andando, novos ângulos vão se apresentando. Cada vez chega-se mais próximo ao belíssimo cartão postal. Ao percorrer as passarelas, o passeio fica ainda mais emocionante. Podemos nos sentir dentro das cataratas. Na passarela que leva à queda mais famosa, a Garganta do Diabo, o banho torna-se praticamente obrigatório. Muitas gotículas de água concluem a integração do visitante com o cenário. Lindíssimo!
Parque Nacional do Iguaçu, por novocaroneiro.com

As trilhas percorridas são, em sua enorme maioria, pavimentadas e estruturadas com corrimãos e escadas, quando necessário. O Parque é muito bem estruturada com sanitários (na entrada e dentro do parque, nas trilhas), restaurantes, lanchonetes, lojas de souvenirs, fotógrafos, lojas de artigos fotográficos... enfim, tudo o que for preciso durante o passeio.
Parque Nacional do Iguaçu, por novocaroneiro.com

No interior do parque há o restaurante Porto Canoas. Uma boa opção para almoço durante a visita. Há alguns pacotes comercializados por operadoras que incluem o almoço por lá. O restaurante está localizado próximo à garganta do diabo, com vista das águas. Fora de pacote o valor é um pouco caro, valendo mais a pena fazer um piquenique pelo parque.
Parque Nacional do Iguaçu, por novocaroneiro.com

Tornando a experiência completa, fizemos o passeio Macuco Safári. Trata-se de um passeio que une a exuberante mata Atlântica em carros elétricos a uma viagem literalmente para dentro das cataratas, através de botes a motor. Os barcos percorrem o rio, com lindas vistas das cachoeiras (algumas quedas só podem ser vistas de barco). Além disso, o barco faz manobras que levam o turista a tomar banho nas cachoeiras de Foz do Iguaçu. Foi a melhor parte de nosso passeio! O preço é que não é tão atrativo, mas é possível negociar o valor direto no local. Mais informações aqui.

Veja nossas fotos de Foz do Iguaçu e região:
https://www.flickr.com/photos/novocaroneiro/sets/72157655481188748

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário