domingo, 19 de julho de 2015

Paris: Igreja Madeleine

Depois de fazer o passeio noturno por Paris, no ônibus Hop In Hop Off (que nem vale tanto a pena, pois passa bem rápido pelos pontos, sem possibilidade de se descer, mas que felizmente nos mostrou alguns lugares que não tínhamos ido), resolvemos voltar até uma parte da cidade que descobrimos de dentro do ônibus. Andamos pelas ruas de Paris, munidos de nosso mapa, até que nos deparamos novamente com um belo monumento arquitetônico: a Igreja Madeleine.


É um ponto que não tem como deixar de ver. Porém, mesmo vendo, não se sabe exatamente do que se trata. E um prédio com moldes de templos gregos, que pode ser desde uma biblioteca a um prédio público. Mas realmente é uma igreja. Uma igreja bem diferente.

A obra desta igreja foi uma verdadeira epopeia. Atravessou várias décadas. Durante a Revolução Francesa ficou fora de cogitação transformar a obre em igreja, surgindo idéias de usar o prédio como ópera, banco, bolsa de valores... Napoleão a transformou em templo que homenageava os exércitos, até a construção do Arco do Triunfo. Sua construção iniciou em 1764, porem foi consagrada como igreja católica apenas em 1842.

O interior da igreja é muito luxuoso, com mármore dourado, imensas pinturas próximo ao teto, várias obras de arte nas paredes. O que mais chama a atenção, no entanto, são as esculturas. Além de belíssimas, apresentam cenas não muito comuns em outros templos católicos. A imagem principal, no altar, mostra Maria Madalena durante sua gravidez. Uma imagem lateral demonstra o batismo de Cristo. Outra imagem mostra o casamento de Virgem Maria com João. Há até uma escultura de Joana D´Arc.

Bem diferente em arquitetura e adornos. Não é dos pontos turísticos mais procurados, mas com certeza vale a pena conhecer.

Confira as fotos da Igreja Madeleine (que não ficaram tão boas, pois a igreja é meio escura e não é permitido o flash):
https://www.flickr.com/photos/novocaroneiro/sets/72157655481188748

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário