Paris, a Cidade Luz

Cidade que respira cultura e transpira os odores de sua mundialmente famosa gastronomia

Holanda: liberdade e tradição lado a lado

O encantador país que mantem suas tradições, mas também demonstra toda a modernidade do primeiro mundo

Gramado: um pedacinho da Europa no Rio Grande do Sul

O destino turístico mais procurado do RS atrai o público com suas infinitas belezas e atrações, não só no inverno

Sim, o Rio de Janeiro continua lindo

Uma cidade exuberante que, apesar dos problemas, nos encantou

Uruguai: tradição, tranquilidade e amabilidade

Nosso irmão menor mostra sua face tranquila, suas belezas naturais e cultos à tradição

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Top 5 Viagens Novo Caroneiro 2015

O ano de 2015 foi ótimo em viagens! Nos divertimos demais na praia, viajamos com amigos, tivemos nossa primeira experiência no Velho Continente, participamos de evento a melhor bebida de todas... e abaixo elaboramos nosso Top Five Viagens de 2015:

5. Gramado-RS
Gramado é uma das cidades mais charmosas onde já estivemos. Não cansamos de ir para lá. Há uma efervescência turística, com novas atrações a cada temporada, além da reformulação daquelas que já estão consolidadas. Tivemos um final de semana incrível com novas descobertas na região, além de curtir a gastronomia divina de lá!

Veja nossas postagens sobre Gramado clicando aqui


4. Festival do Moscatel, Farroupilha-RS
A bebida dos deuses! Um festival super elegante, com linda decoração, música agradável e destinada ao Moscatel? Só pode se tornar uma baita viagem! Estivemos presentes ao Festival do Moscatel, em Farroupilha-RS e não nos arrependemos... pelo contrário, este deve ser um evento que entrará em nosso calendário anual. Ótimas bebidas e comidas, aliadas a uma excelente organização. E na serra gaúcha, proporcionando outros passeios ótimos!

Para a postagem completa do evento, clique aqui

3. Paris, França
Conhecer Paris foi realizar um sonho. Depois de tanto ver a Torre Eiffel na tela da TV e do cinema, foi incrível estar lá e vê-la ao vivo. Além disso, Paris detém muitos dos pontos mais visitados e desejados do mundo, como o Arco do Triunfo, Catedral de Notre Dame e o Museu do Louvre. Foi uma das maiores experiências de nossa vida. Pudemos conhecer o ritmo da vida parisiense e mergulhar na cultura que exala em todos os cantos da cidade.

Veja nossa passagem por Paris, clicando aqui


2.Beto Carrero com família e compadres
Nessa viagem a alegria foi companheira absoluta! Encontramos nossos compadres Eliane e Juares em Chapecó e fomos passar o feriadão de Páscoa em Navegantes. Praia até o anoitecer, passeio no Beto Carrero World e muita descontração e amizade junto da família da Lis. Viagem incrível, que tem lugar honroso neste Top Five.

Clique aqui e veja mais informações sobre o Beto Carrero World

1. Holanda
Ao planejarmos nossa viagem para a Europa, logo de saída surgiu o nome de Paris. Mas queríamos pelo menos mais um país para conhecer e viver por alguns dias. Confesso que de início a Holanda não era minha preferência (queria Londres, ou Moscou), mas a Lis me convenceu a ir até lá. E esta se tornou a melhor viagem de 2015. E a melhor viagem até 2015. A Holanda (mesmo sem as tulipas) é encantadora. Reúne muita história e muita modernidade. Há opções para todas as idades. Fizemos nossa base em Amsterdã, com bate-voltas a Zaanse Schans e Rotterdã. Tudo maravilhoso. Locais muito estruturados, pessoas amáveis, inteligentes e super educadas, preço competitivo, além de atrações super diversificadas. Holanda, a campeã das viagens do Novo Caroneiro!

Veja nossos passeios pela Holanda clicando aqui


Vários outros blogueiros também fizeram uma lista com suas melhores viagens em 2015. Confira abaixo qual foi a escolha deles:

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Sobre

Histórico

O blog Caroneiro teve início em 2007, quando passei a expor minhas viagens, além de matérias sobre turismo em geral. A primeira fase do blog terminou no ano de 2010, após tentativas de mudança de nome, leiaute e formas de postar, mas sem alcançar os objetivos pretendidos.
Em 2014, após algumas viagens excepcionais, resolvemos reativar o blog, desta vez chamando-o de Novo Caroneiro. Nosso objetivo é, ao mesmo tempo, ter o leitor como nosso caroneiro, e ir de carona em outras histórias de blogueiros que nos incentivam a viajar e conhecer cada vez mais este mundo. Temos, inclusive, o objetivo de conhecer no mínimo três lugares novos por ano e trazer as histórias e dicas para o blog. Com nosso amor pelas viagens, esta tarefa está fácil de ser cumprida.

Quem somos



Luis Felipe Afonso - editor
Sou eu quem escreve as matérias, escolhe as fotos e faz a divulgação do blog. Formado em Gestão da Tecnologia da Informação, cursei, também, durante 4 anos o curso de Bacharelado em Turismo. Iniciei ainda os cursos de Geografia, Ciências Contábeis e Enoturismo. Adoro viajar, mesmo que seja para conhecer a cidade vizinha. Sempre há descobertas, independente do destino. Atuo profissionalmente como bancário e isso me pede constantes mudanças de cidade (em função do trabalho já morei em Lavras do Sul-RS, Araranguá-SC, Garibaldi-RS, Joinville-SC, Aratiba-RS e atualmente Erechim-RS. Antes já havia residido em Tapera, Porto Alegre e Pelotas, no RS.

Lislaine Antunes 
Minha esposa e companheira de aventuras. Está sempre disposta e pronta para pegar a estrada e explorar novos destinos, ter novas experiências. Nas viagens de carro, é minha co-piloto e me mantem acordado nos momentos de cansaço intenso. Acha lugares incríveis em muitos destinos. Formada em Administração de Empresas, especialista em Gestão Estratégica. Muitas das fotos do blog foram tiradas por ela.

Nossa atuação

A maior parte de nossas viagens acontece de carro. Por este motivo nossa área de atuação é  predominantemente a região sul do Brasil, com claro destaque para o Rio Grande do Sul e Santa Catarina, estados onde vivemos. Visitamos também países limítrofes (Uruguai, Argentina e Paraguai), viajamos por França e Holanda, além de passar pelo Rio de Janeiro.

Nosso futuro

O blog Novo Caroneiro tem o objetivo de trazer ainda mais narrativas de viagens. Trabalhando conjuntamente com outros blogueiros do segmento de viagens, buscamos melhorar nossos textos e nossa forma de trazer as informações de cada destino. Planejamos a elaboração de miniguias de viagem para download em PDF, além de promoções com leitores. Para 2016 já há algumas viagens planejadas e buscaremos parcerias para fomentar ainda mais estas aventuras.

Base de nossa política de postagens

O blog Novo Caroneiro trará sempre postagens relacionadas com o mundo do turismo. Exporemos os relatos de nossas viagens, dicas de outros blogueiros, notícias sobre o turismo mundial, dicas de publicações, avaliações de estrutura turística como hotéis, restaurantes, meios de transporte. Todos os textos publicados serão criados por nossa equipe, ou haverá autorização por escrito do autor do texto para a publicação neste blog. Repudiamos textos que tragam qualquer tipo de preconceito de qualquer espécie.

Todas as postagens trarão nossa opinião verídica sobre o tema. E é o que esperamos dos textos publicados por terceiros neste blog. O Novo Caroneiro pode vir a publicar matérias pagas, em duas situações: publieditorial (quando o texto é escrito por terceiros e publicado desta forma no blog, com remuneração) ou post patrocinado (quando nós expomos nossa opinião sobre o tema, mas recebemos algum valor ou descontos significativos em serviços ou materiais pagos). Sempre que houver este tipo de postagem, haverá a inserção do tipo de postagem em seu título. Tal qual em nossos posts normais, estas postagens serão reflexo de nossa opinião.

As fotografias publicadas no blog são majoritariamente produzidas por nossa equipe. Sempre que houver fotos de terceiros, elas virão com legenda citando a fonte. Em caso de fotos publicitárias, informaremos a fonte e logo após inseriremos o termo "Divulgação". Em caso de fotos de terceiros não divulgação, somente serão expostas com a respectiva autorização por escrito do autor ou editor do local onde foi publicada originalmente.

Com relação a troca de links ou espaço em blogs o Novo Caroneiro somente fará em duas situações: blogagens coletivas produzidas por grupos formados (associações ou redes de blogueiros) ou blogs cujo conteúdo somos admiradores. O Novo caroneiro não participa de divulgação de links visando a melhoria em rankeamento de sites de busca ou afins.

Nosso material

Todo o material produzido por nós está protegido pelo Copyright. Por este motivo não autorizamos cópias de textos ou de imagens. Caso deseje utilizar algum deles, entre em contato conosco (pelo e-mail novocaroneiro@gmail.com) que teremos o prazer de avaliar esta situação.

Termo de isenção de responsabilidade

Nossas postagens tratam de experiências de viagens efetuadas por nós. Trazemos dicas e relatos do que acontecia nas datas de nossas viagens, por isso pode acontecer de alguns fatos narrados estarem indisponíveis quando você visitar o mesmo local. Nos isentamos de qualquer responsabilidade com relação a este tema. Ressaltamos que os relatos são de nossas viagens, de nosso estado de espírito no dia e que as informações tornam-se desatualizadas com o tempo, e que nem sempre atualizaremos as informações das postagens. Caso isso ocorra, buscaremos informar a data da viagem mais recente àquele destino em postagens antigas.

Publicidade

Para mantermos o blog no ar, dependemos de valores provenientes de anúncios. Buscaremos inserir preferencialmente anunciantes voltados ao turismo. Não veicularemos anúncios que atrapalhem a experiência do leitor no blog (como janelas pop-up). Poderemos, eventualmente, publicar publieditoriais, bem como participar de viagens patrocinadas, desde que citando nas postagens.

Redes Sociais

O Novo Caroneiro participa de redes sociais, como Facebook, Twitter, Instagram, Flickr e Trip Advisor. Salientamos que são redes complementares a nosso conteúdo que terá como plataforma preferencial de publicações o próprio blog.

Política de comentários

Adoramos receber comentários. Dentro do possível, responderemos a todas as perguntas. Excluiremos comentários preconceituosos ou com críticas descabidas, além daqueles que utilizarem palavras de baixo calão. Manteremos todos os comentários que constem identificação e que não sejam compostos apenas por links, desde que não façam parte dos citados anteriormente.

Página atualizada em dezembro/2015.

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Pelas ruas de Paris

Cenários de filme.
Lembranças de sonhos!
Eram estas as impressões que eu tinha simplesmente ao andar pelas ruas da capital francesa. De início os olhos buscavam no horizonte a silhueta da Torre Eiffel, local que fomos visitar assim que chegamos a Paris. E voltamos outras vezes (veja aqui). Mas é lógico que Paris é muito mais que a Torre. Mesmo no inverno, período em que as as flores somem e as árvores perdem as folhas, Paris consegue manter um charme único. Além de pessoas elegantíssimas em seus trajes, o clima frio torna o local mais intimista. As árvores sem folha, cortadas em forma "quadrada", em perfeita sincronia, nos mostram como o povo é caprichoso neste local. Como o poder público busca o bem estar.
Estivemos em Paris algumas semanas após os atentados ao Charlie Hebdo e nos sentimos muito seguros. Havia policiais em todos os pontos turísticos mais importantes e não vimos nenhuma atitude brusca por parte deles. Apenas vigiavam e faziam suas rondas. A cidade andava normalmente. Após estes últimos atentados (Bataclan e outros), sentimos uma dor no coração por ter ocorrido em Paris, que é uma metrópole que encanta. Sentimos como se algo próximo tivesse ocorrido, mesmo tendo estado lá por apenas uma semana.
O que ficou para nós, no entanto, foi a cordialidade das pessoas (sim, os francesas com os quem falamos foram cordiais e educados). Os cafés nas esquinas, a culinária bem elaborada, os doces nas vitrines que davam água na boca. As lojas de grife, as ruas de calçamento e praças sem calçada. O Rio Sena que contornou boa parte de nossos passeios. O metrô que sempre nos levou de maneira rápida e ágil e nosso destinos.
É lindo simplesmente andar por Paris e descobrir seus encantos. Prédios majestosos, pontes cheias de detalhes. Encontrar uma café ou restaurante (ou brasserie, ou bar, ou casa de sopas) e se deliciar por alguns momentos. Descobrir que o atendente da lanchonete é um imigrante super culto que fala sete idiomas diferentes (inclusive português e árabe). Em uma pequena rua encontrar um museu com obras de arte belíssimas.
Paris tem descobertas e encantos a cada esquina. Mesmo que muitas vezes apresente os problemas de qualquer metrópole, como o trânsito, a sujeira, a aglomeração, não deixa de ser incrível.

Clique e veja todos nossos posts sobre Paris.

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Passeio em São Francisco do Sul - SC

São Francisco do Sul é um município litorâneo, localizado no norte de Santa Catarina, bem perto de Joinville (cerca de 50km). No verão a distância parece bem maior, já que as praias de São Francisco são bastantes procuradas pelos joinvilenses (que formam a maior população do estado), além de residentes em municípios do norte catarinense e do sul paranaense. Congestionamentos durante a temporada são bem comuns, o que torna a viagem bem demorada.

A ilha São Francisco do Sul, segundo sua história, é mais antigo que o estado de Santa Catarina. Foi a terceira cidade fundada no país e traz em sua arquitetura toda esta história. Há um complexo conjunto de casarios, a maioria com arquitetura açoriana. E muitas das casas estão super bem conservadas, pelo menos em sua parte externa. São casinhas coloridas, construídas a partir de areia, cal e óleo de baleias, há centenas de anos... não há como não se encantar.

Um passeio pelas ruelas da parte histórica da cidade remete a gente ao passado. São vários quarteirões situados a beira da Baía da Babitonga que preservam o casario, as ruas de pedras e o ritmo da vida que passa devagar sem preocupações e buscando a vida da melhor forma. Ainda a beira da baía, encontramos o Mercado público, local que atualmente abriga um excelente restaurante, além de estabelecimento com venda de carne e frutos do mar, lanchonete com caldo de cana e um deck para ficar apreciando os barcos e a natureza ao fundo.

Andando por esta região, em alguns momentos podemos perceber a igreja no alto de uma pequena lomba. Lembra muito as cenas da Bahia... Andando até lá, podemos ver algumas lojas de lembranças e artesanato e chagamos à praça onde está a belíssima igreja matriz.

Há alguns quilômetros do centro estão as praias mais procuradas de São Chico, como Enseada, Ingleses e Ubatuba. Valem pelo passeio, mas não são das mais bonitas de Santa Catarina. Mesmo assim são bastante procuradas. A estrutura é boa, com diversas opções de restaurantes, lanchonetes e bares. Diversas vezes fomos até a Praia da Enseada almoçar um peixe grelhado excelente!

Além do tradicional percurso rodoviário, pode-se chegar a São Francisco em um passeio de iate que parte de Joinville. É o Barco Príncipe, um iate que parte pela Baía de Babitonga até a Ilha e oferece um espaço amplo, com piscina, restaurante e bar. O preço gira em torno de R$120,00 a ida e volta, além de city tour no destino. Vale muito a pena!

A beleza de São Francisco do Sul nos encantou tanto, que procuramos a cidade para fazer nossas fotos de Pre Wedding, e ficaram maravilhosas!!

Veja mais fotos de São Francisco do Sul:
https://www.flickr.com/photos/novocaroneiro/sets/72157655481188748

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

#UmAbraçoEmMariana

O blog Novo Caroneiro é solidário às pessoas afetadas pela maior catástrofe ambiental da história do Brasil. Por isso, unido aos demais blogs da RBBV, estamos divulgando esta "Vakinha", que visa arrecadar recursos financeiros para auxiliar entidades beneficentes que trabalham nas comunidades atingidas.

Acesse o link abaixo e contribua, através de pagamentos com cartão de crédito ou boleto bancário.

Seja solidário e ajude as famílias que perderam tudo, inclusive vidas.

Para mais informações sobre a Vakinha da RBBV: Clique aqui

Para doar, clique aqui

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Sacre Coeur, Paris

Vistar a Sacre Coeur, em Paris, é muito mais do que ir até lá. O passeio vale a pena ser degustado, em cada momento. Não vá até lá apenas pela vista incrível, ou pelo showzinho ao fim de tarde Vá até lá sem pressa, para curtir as ruas próximas, o furnicular e as belas cenas que poderá apreciar. Infelizmente em nossa passagem por Paris não tivemos este cuidado, mas já está em nossa lista em "a fazer em Paris".

Localizada em local um pouco distante do centro, no boemio bairro de Montmatre, a Sacre Coeur é uma belíssima igreja, no alto de um morro. De suas ecadarias a vista da cidade é quase imbatível. E quando estivemos lá, havia um showzinho de pop rock, que tornava o ambiente o mais propício possível para um agradável fim de tarde.

Mas não spo visite a bela igreja (que aliás, só vimos por fora, visto que fomos até lá com horário eio apertado). Use seu tempo para passear pelas ruas do bairro, que fizeram parde da história cinematohráfica, com Amelie Poulin e Moulin Rouge. Suba o morro com o furnicular, espécie de vagão de trem que usa trilhos para te isentar de subir muuuitos degraus. Visite as lojinhas que ficam atrás da Sacre Coeur e aproveite para comprar lembrancinhas para afamília por ali, que apresenta preços bem mais em conta que em outros pontos da cidade.

Desça andando pelas ruas adjacentes, conhecendo o mercado, a rua dos pintores e o muro do "eu te amo", onde a frase é escrita em muitos idiomas. Cura as praças. Curta um café.

Depois basta buscar o metrô e voltar para o centro, ou para o hotel. Tudo a seu tempo. Sem correria como nós fizemos.

Para mais informações do bairro Montmatre, indico o blog Conexão Paris

Veja mais fotos de Sacre Coeur:
https://www.flickr.com/photos/novocaroneiro/sets/72157655481188748

terça-feira, 3 de novembro de 2015

Victor Graeff, RS: Edward Mãos de Tesoura passou por aqui

Victor Graeff é uma pequena cidade localizada na região de Passo Fundo. Possui cerca de 3 mil habitantes, de origem predominantemente alemã. E é aqui que se localiza a Mais Bela Praça do RS, como chamam no município.
 Localização de Victor Graeff (fonte: Google Maps)

A praça, situada bem no centro de Victor Graeff é completamente ornamentada com ciprestes esculpidos artesanalmente em diversas formas, como animais, pessoas e paisagens arquitetônicas. São mais de 200 esculturas, presentes no local desde os anos 1980, quando a Poder Público municipal teve esta brilhante ideia!

Além dos ciprestes esculpidos (como no filme de Edward Mãos de Tesoura - Youtube), a Praça Municipal Tancredo Neves tem belos gramados, jardins floridos e uma loja de artesanato feito por moradores locais.

Tamanha a importância, beleza e singularidade desta praça, ela foi considerada patrimônio Histórico e Cultural do Rio Grande do Sul.

Ao passar pelas rodovias das redondezas, não deixe de dar um pulinho ao centro de Victor Graeff, pois com certeza você irá se surpreender!

Veja mais fotos da praça de Victor Graeff
https://www.flickr.com/photos/novocaroneiro/sets/72157655481188748

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Casa Valduga, Bento Gonçalves-RS

Apesar de termos morado por algum tempo na serra gaúcha, mais precisamente em Garibaldi, e de passear pelo Vale dos Vinhedos muitas vezes (haverá vários posts sobre o Vale aqui), não havíamos conhecido a Casa Valduga. Aliás, sequer sabíamos direito como chegar até lá. E olha, que é um dos locais mais famosos do Vale dos Vinhedos, tanto pela qualidade dos produtos da vinícola, como pela beleza. Decidimos, então, que conheceríamos a Casa Valduga no final de semana do Festival do Moscatel (post aqui)... e foi o que fizemos.

Saindo de Farroupilha, fizemos um desvio pelo Vale, antes de voltar para casa. Fomos nos deliciando com a belíssima região, e sentindo saudades do tempo que os passeios de final de semana eram por ali... Em um dos cruzamentos paramos para ler uma placa gigante que indica o caminho para uma série de empreendimentos, dentre eles a Casa Valduga. Seguimos a estradinha desconhecida que passava por  algumas vinícolas e empresas familiares, até chegarmos à Casa Valduga. O complexo turístico é composto pela vinícola, restaurante, hotel e belas paisagens de vinhedos, gramados e árvores imponentes.

Ao chegarmos, procuramos a recepção turística para comprarmos nossos ingressos para a visitação à vinícola. Há vários pacotes disponíveis, que incluem a visitação e diferentes níveis de degustação dos produtos. Como ainda havia muitos quilômetros de carro pela frente, decidimos por fazer o passeio mais básico, com visita à cantina e degustação. O valor pago foi de R$40,00 por pessoa, o no final podíamos ficar com a taça de vinho da vinícola.

O passeio interno é bem parecido com as demais vinícolas da região. Caminhamos pelas caves, que são gigantescas, conhecemos um pouco do maquinário e formas de produção e degustamos excelentes vinhos e espumantes. A Casa Valduga prima pela qualidade de seus produtos, e essa busca pela excelência gera resultados fantásticos.

Após a visita fomos até a butique da empresa, onde são comercializados os produtos como vinhos, espumantes, sabres, taças, sacas-rolhas e demais artigos para vinho. Lugar muito bonito. Os preços acompanham a qualidade dos vinhos, superior às demais vinícolas da região.

Vale muito a visita e, caso haja a possibilidade, é interessante efetuar a degustação completa e hospedar-se por lá, aproveitando também o restaurante Maria Valduga, que parece delicioso!

Mais informações: site da vinícola

Veja mais fotos da Casa Valduga:
https://www.flickr.com/photos/novocaroneiro/sets/72157655481188748

domingo, 25 de outubro de 2015

Morro dos Conventos, Araranguá-SC

A cidade de Araranguá está localizada no litoral sul de Santa Catarina. Fica bem perto de Criciúma e tem o acesso de maneira muito simples, pela BR-101. A cidade tem como destaque a sua indústria e principalmente o comércio diversificado, segmento que conta com shoppings de fábricas de confecções que atraem muitas excursões em busca de peças para serem vendidas em lojas de todo o Brasil.

No âmbito do lazer, em Araranguá encontramos o Morro dos Conventos, a cerca de 10 km da região central da cidade, e acessível através de estrada asfaltada. O Morro fica localizado bem perto da praia, e tem uma vista incrível! Não por acaso é o principal cartão postal de Araranguá.

No alto do morro está o farol, construído em 1953 e que continua auxiliando os navegadores não só com a emissão do sinal luminoso, mas com informações de radares. Lá no alto há também um mirante, com vista para a praia do Morro dos Conventos, o encontro do rio Araranguá com o mar, as dunas e restingas, além das construções do bairro, que geram fotos lindas!

O Morro dos Conventos não propicia apenas estas belas paisagens. Nos pés do morro encontram-se várias dunas e lagos formadas com água da chuva. O local é bastante procurado, principalmente no verão, para a prática do sandboard, ou surfe na areia. Com suas pranchas, os visitantes descem as dunas ate a água da lagos... com muitos tombos pelo caminho. Um esporte super divertido e que queima muitas calorias - principalmente na volta, ao escalar-se a duna! As pranchas podem ser locadas no Bar Beco das Dunas (aqui), que ficam logo no início das dunas.

No bairro Morro dos Conventos há opções de hospedagem, como no Hotel Morro dos Conventos (veja mais aqui) ou no camping do hotel (aqui). A região possui diversos barzinhos e alguns restaurantes mais rústicos, com ótimo clima de praia!

Mais fotos do Morro dos Conventos:
https://www.flickr.com/photos/novocaroneiro/sets/72157655481188748

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Villa Trentin, Erechim-RS

A Villa Trentin é um complexo turístico recém inaugurado, que visa promover e deliciar os visitantes com a cultura italiana, típica da região onde está instalada. Construída às margens da rodovia RS-420, na região do Vale Dourado, entre os municípios de Erechim e Aratiba, tem acesso asfaltado, estando a cerca de 7km do centro de Erechim.

O empreendimento foi inaugurado no último dia 02 de outubro, e ainda há uma série de ajustes a serem feitos. Em nossa visita percebemos vários detalhes arquitetônicos em construção (como o pórtico de entrada, algumas cabanas), e o serviço também merece bastante evolução.

Com uma proposta que engloba café colonial, restaurante, pousada, capela e fábrica de biscoitos, é um dos locais com maior potencial e que engloba maior número de atrações da região. O serviço de café colonial, que não precisa de agendamento, ocorre de terça a domingo, das 7h às 22h. O restaurante também funciona de terça a domingo. A visitação aos outros setores ocorre diariamente (informações da empresa).

Em nossa visita, buscamos pelo café colonial. O ambiente é bem decorado e aconchegante, lembrando, inclusive, a cozinha da casa da vovó! O café colonial tem parte do serviço à mesa, com pães, frios, carnes, salgadinhos e suco, e outra parte servida em um buffet de bolos, tortas e biscoitos. O café (que estava bem fraco) é servido diretamente no fogão a lenha pelo visitante.

A comida não é nenhum espetáculo, mas é boa. Alguns pratos já chegaram à mesa frios, o que fez a cantina perder alguns pontos. Além disso a equipe de garçons estava pouco treinada, sem sequer saber onde conseguir colheres, xícaras... além de não ser nada proativa na reposição de produtos à mesa. Para quem conhece os cafés coloniais de Gramado e região se decepciona com o serviço da Villa Trentin (como em nosso caso). O valor, em um domingo, foi de R$32,00 por pessoa. Em dias úteis o valor é de R$28,00.

Visitamos o local após vários dias de chuva, então havia bastante barro por debaixo da grama recém plantada, mas em geral o paisagismo é bem finalizado.

Passamos rapidamente pela fábrica de massas, onde há a fabricação de massas e biscoitos, mas no dia que fomos a fábrica não estava produzindo. Havia apenas um pequeno espaço com venda dos produtos, que não chamou muito nossa atenção.

No setor de pousada, há algumas cabanas de madeira bem no alto do morro que contempla a propriedade. A vista lá de cima é bem bonita, mas achamos as cabanas bem pequenas e rúticas demais para nosso gosto... toda de madeira e com paredes em comum entre elas, necessita de um bom isolamento acústico para propiciar alguma intimidade.

Em linhas gerais é um local diferenciado na região, mas que não passa de uma opção. Há de melhorar muito, principalmente na qualidade dos pratos servidos e na equipe de garçons, que deixou bastante a desejar, apesar da simpatia.

Página do empreendimento: no Facebook.

Mais fotos da Villa Trentin:
https://www.flickr.com/photos/novocaroneiro/sets/72157655481188748